CURTAS: ANP discute combustíveis em Búzios

Dirigentes se reunirão até sexta-feira no balneário; veja esta e outras notícias para começar o dia

ANP debate combustíveis

Dirigentes da ANP se reunirão em Armação de Búzios (RJ) durante três dias para discutir as metas da área de Downstream, incluindo Abastecimento, Infraestrutura e Combustíveis. O seminário começa hoje e vai até sexta-feira e contará com a participação de todos os diretores da autarquia. Será montado sob o formato de grupos de trabalho.

…e diesel

A ANP marcou para 17 de agosto na sede da agência audiência pública para obter subsídios e informações adicionais sobre a minuta de Resolução que regulamenta a metodologia de cálculo do preço de referência para a concessão de subvenção econômica à comercialização de óleo diesel.

Mais diesel

O Relatório da Medida Provisória 838/2018, o deputado Arnaldo Jardim (PPS-SP), vai propor a extensão da subvenção econômica do diesel, negociado durante a greve dos caminhoneiros em maio, por mais três meses.

Mais prazo para Greenconsult

A ANP deu mais prazo (45 dias) para a Greenconsult Consultoria Empresarial apresentar garantias financeiras e documentação do Programa Exploratório Mínimo do bloco SEAL-T-340 e a respectiva assinatura do contrato de concessão (75 dias). A área foi arrematada na 14ª rodada ano passado.

Petrobras recebe dinheiro da Lava-Jato

O presidente da Petrobras, Ivan Monteiro, participa, nesta quinta-feira (9/8), a partir das 10h, em Curitiba (PR), da cerimônia do Ministério Público Federal no Paraná (MPF-PR) de devolução de recursos para a companhia, recuperados por meio de acordos de colaboração e de leniência celebrados no âmbito da operação Lava Jato. A Petrobras assinou recentemente acordo de leniência com a SBM pela qual a afretadora de sondas concordou em pagar R$ 1,475 bilhão à petroleira.

Subsídio para petroquímica perto do fim

Ficou para hoje  a apresentação, pelo deputado Eduardo Cury (PSDB-SP), à comissão mista o relatório sobre a Medida Provisória 836/18, que revoga, a partir de 1° de setembro, o Regime Especial da Indústria Química (Reiq), responsável por desonerar a tributação do setor petroquímico. A intenção do governo é aumentar a arrecadação.

 

 

você pode gostar também